A fonte do meu Notebook queimou! Fiquei durante uma semana inteira longe do mundo da Internet. No primeiro dia, fiquei meio que desesperado. Nem tanto por ter que pagar por uma fonte nova, mas porque a Internet era meu refúgio durante as horas vagas. Como ficar uma longa semana longe de meus amigos virtuais e dos reais que estão longe? Pra melhorar as coisas, meus pais decidiram viajar com minha irmã, meu cunhado e minha sobrinha. A casa era só minha, mas… sem meu computador, sem Internet!

No domingo, durante o culto em minha igreja, o pastor falou sobre “A Parábola da moeda perdida”. Eu anotei tudo o que ele disse em meu caderno, mas Deus falou comigo de outra forma através daquela pregação!

Ele falou que, assim como a mulher da parábola teve que acender a Luz para encontrar o que procurava, se eu quisesse encontrar o que perdi durante minha caminhada com Deus (coisas como a alegria da comunhão, a sinceridade diante das pessoas, minha vida de adorador genuíno), deveria acender a luz em minha vida, pra que nada ficasse em oculto. No CTM, eu tinha meu discipulador, alguém com quem compartilhei minha história, minhas dificuldades, alguém pra quem eu prestava contas diante de cada acerto e de cada erro. Porém, aqui eu não tenho! E isso me desanimava, pois precisava confessar meus pecados para receber cura!

O que Deus quis dizer é que Ele me dava uma nova chance para, a partir daquele momento, decidir recomeçar uma vida clara e transparente diante d’Ele e das pessoas. Depois de dizer que me queria como alguém APROVADO e não apenas USADO, Ele revelava o segredo para que eu conseguisse ser assim: “Ser o mesmo, diante das pessoas e diante de mim mesmo”.

O Pastor Clay – meu professor no CTM – sempre me dizia que Caráter é quem somos quando ninguém está olhando. E o que Deus me dizia naquele momento era algo do tipo “Tudo o que você errou até hoje, eu esqueço! Lancei no Mar do Esquecimento. Mas, à partir de agora, o que você fizer de errado, você não vai omitir, mas vai expor diante de sua família, amigos, diante das pessoas que recebem sua ministração. A decisão é sua!”. Deus queria que eu trouxesse minha vida à luz pra que houvesse apenas um Douglas.

E eu aceitei o desafio!

Comecei a ler “O Coração do Artista” de Rory Noland, e começou a quebradeira! Cada frase do livro me confronta! Pra começar, o primeiro capítulo tem o Título “Caráter Provado”. Não preciso dizer mais nada, né?!

O que preciso dizer a você que está lendo este Blog é: “Traga à luz!”. Não importa quem você tem sido quando ninguém está te vendo! Hoje, Deus te dá uma nova chance para recomeçar. Cada pecado que cometer daqui pra frente, não pode passar como despercebido, mas precisa ser revelado pra que você receba a cura de Deus e queira ficar longe do que te separa d’Ele.

Tenho tanto pra compartilhar, mas vou deixar para os próximos Posts! Só quero que saibam que o tempo que gastava na Internet, investi na leitura do livro e da Palavra, e como tenho sido edificado! Façam o teste.. Não vale só a pena, vale a galinha inteira!

Em Cristo,

Doug =P

Anúncios