O dia amanheceu chuvoso, devido a chuva que caiu ontem à noite enquanto vinha para o AVIVA JOVEM. Meus pais me trouxeram de carro e me deixaram por aqui. Logo no primeiro culto, um devocional onde o Jasom ministrou e um pastor (Maycon) do Itamaraty trouxe uma palavra, Deus já falou tanto ao meu coração!! O que destaco como mais poderoso foi a confirmação do cuidado e do amor do Senhor por mim…

Tenho passado por dias de desanimo, tristeza, desgaste espiritual, apesar de não estar me gastando… E, ontem, ao entrar no carro, orei ao Senhor, dizendo: “Senhor, que esse AVIVA JOVEM traga um novo tempo! O Senhor conhece meu coração, sabe o que eu tenho vivido e sabe que eu preciso que o Senhor esteja lá!”.

Quando houve a abertura do Devocional, um dos responsáveis da Mesa Regional trouxe uma pequena reflexão em Isaías 43: 18 – 21:

Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo.Os animais do campo me glorificarão, os chacais e os filhotes de avestruzes; porque porei águas no deserto e rios, no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu escolhido,ao povo que formei para mim, para celebrar o meu louvor”.

Quando li isso, compreendi que aqui, o que Deus quer para fazer coisas novas em mim, é que eu me desprenda de tudo o que já vivi até então. Coisas boas e ruins, desde meus maiores (e piores) pecados, até a excelência e o tratamento do CTM e Congressos do Diante do Trono. Preciso me abrir para o novo que Deus quer fazer em mim.

A letra que está marcada no meu coração por estes dias (desde ontem) é a de CREIO:

Creio em um Deus pra quem tudo é possível
Creio em um Deus que tudo pode mudar
Creio em um Deus que fez o céu, a terra e mar
Todo-Poderoso, mas é fiel pra se importar comigo”.

Hoje, acordei às 5:30h da manhã pra me aprontar e me preparar espiritualmente para a ministração do Louvor Distrital, que ficou responsável por liderar o louvor daqui a pouco. Sei que não depende só de mim, mas de Deus (se dependesse só de mim, eu estava ferrado!), e é por isso que quero estar pronto, consagrado, como um odre novo para suportar a glória, o vinho novo e a unção de Deus.

Ele está aqui!

Em Jesus,

Douglas.

Anúncios