Arquivos para posts com tag: Confiança

Se parar para refletir um pouco sobre sua própria vida, talvez você perceba que cobra muito de si mesmo (e dos outros), duvida muito de Deus e faz as coisas de uma forma inferior ao melhor que você poderia fazer. Acho que, assim,  muita gente deixa de ser feliz, por medo de arriscar, pisar no escuro, dar um passo de fé.

Talvez, tudo na vida fosse melhor se a gente parasse de pensar muito e começasse a agir mais! Não acha?!

A Palavra de Deus é cheia de exemplos de pessoas que venceram, cumpriram seu chamado, viveram o melhor do Senhor ainda nesta terra, e o que vejo em comum em todas elas é que foram pessoas de ação!

Imagine se a Bíblia fosse um livro exclusivamente de pensamentos, cheio de personagens que, ao invés de agir, ficariam, a vida toda, pensando em como seria se agissem de uma forma ou de outra.. Talvez, pessoas se renderiam a afrontas e morreriam frustradas por nunca terem sido inspiradas por Davi, ao arriscar sua vida ao enfrentar o gigante; outras cairiam no erro por não conhecerem a vida de Sansão. Conheceríamos bem menos a respeito da humanidade e pessoalidade de Jesus, se os Evangelhos nos trouxessem somente o que Ele pensava, ao invés de suas ações.

Movidos por exemplos de homens que se deixaram guiar pelo Espírito, podemos agir. E, por esse mesmo Espírito, podemos fazer obras muito maiores do que todos estes fizeram.

O que precisamos é conhecer ao Deus a quem servimos e conhecer Sua Palavra! Assim, nossas ações e impulsos estarão de acordo com Sua vontade! Digo conhecer, não de ouvir falar, mas de andar com Ele, ter relacionamento.

Aquele que é nascido do Espírito, age direcionado por Ele, “não sabes de onde vem, nem para onde vai”! (João 3: 8)

Quando agimos guiados por Deus permitimos que Ele nos surpreenda e, através dessa relação de confiança, Ele começa a nos confidenciar Seus segredos. Só assim nos tornamos seus!

O segredo do SENHOR é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.” (Salmo 25:14. 2)

É lindo ver Deus agindo através de pessoas que em confiança, agiram por fé! Ver que muito além do “e se” (“e se não der certo?”, “e se Deus não fizer?”), a benção do Senhor estava sobre eles, e estes simplesmente agiram firmados nesta certeza, foram honrados pelo Pai!

O que vemos na Bíblia são pessoas que ousaram agir, agiram em nome do Senhor, movidas pelo Espírito e fizeram história, tiveram suas vidas marcadas com um selo! Tornaram-se referência de uma história cheia de Deus. Estes se renderam por completo! Se entregaram para viver o que ninguém antes viveu, ousaram caminhar em lugares altos, feitos incompreendidos por muitos, mas achados dignos de ser chamados amigos de Deus!

Oro para que, nestes dias, se levantem pessoas assim. Pessoas que aceitem o desafio. Que não esperem a vontade chegar para, depois, agir. Mas que, guiados pelo Espírito, com base na Palavra, agem com a benção e sob a unção do Senhor!

Viver pela fé também é isso! E se, lá na frente, tudo sair diferente do que você esperava, creia que Deus permanece no controle de tudo, pois sua vida não é mais sua.

É d’Ele!

Em Jesus,

Douglas =)

Anúncios

 

Pedimos tantas coisas a Deus, e queremos que ele se adapte às nossas vontades. Especialmente nós que estamos em posição de liderança diante da Igreja, responsáveis por Ministérios ou envolvidos diretamente na adoração e vida espiritual de outras pessoas, começamos a querer entender a forma de Deus falar, agir e, até mesmo, pensar.

Ontem, enquanto lia minha Bíblia de Aplicação Pessoal, que estava encostada há muito tempo, me deparei com um texto no livro do Profeta Isaías que me chamou muita atenção:

“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos.”
(Isaías 55: 8 – 9)

O que entendo é que os projetos de Deus para nossa vida e para a humanidade como um todo são tão grandes, mas TÃO GRANDES que nossa mente limitada e incapaz não consegue ter sequer uma noção mínima das coisas lindas, maravilhosas e perfeitas que Ele tem preparadas para vivermos.

O “mau da gente” é pensar que já sabe o que Deus quer fazer, achar que já viu uma história parecida com a nossa e querer viver nossos próprios planos, por parecerem melhores do que os de Deus. Se ainda não vivemos em plenitude tudo o que Deus quer que vivamos, é porque olhamos de mais para as coisas boas que estão acontecendo na vida dos outros e nos esquecemos de focalizar no que Deus tem para NÓS.

Como diz minha Bíblia: “O conhecimento e a sabedoria de Deus são infinitamente maiores que os de qualquer ser humano. Somos muito tolos ao tentar ajustar Deus aos nossos padrões – fazer com que seus planos e propósitos sejam adequados aos nossos. Ao contrário, nós é que devemos nos ajustar aos planos dEle”.

De uma coisa sei, e ninguém me tira a certeza: que se os planos de Deus para mim forem nada além de uma vida plena na presença d’Ele, longe de todo pecado, dúvida ou dor, pra mim já é suficiente. Mesmo que nesta vida eu não venha a receber riquezas, reconhecimento ou nada do que eu planejar venha a dar certo, se na Eternidade eu estiver com meu Senhor, em comunhão perfeita e amor sem fim, pra mim já basta. Serei feliz!

Que Deus nos abençoe SEMPRE!

Douglas =)

 

Estou aqui apenas vivendo
Feliz em saber que há uma pessoa
Que está tão perto
Tão perto de mim

Momentos, palavras não ditas
Lágrimas às escondidas
E a dor atrás
De um belo sorriso

Só Tu, oh Pai conheces-me
Amor igual não há
Nenhum olhar constrange assim
Em Ti eu existo

És meu princípio e o fim

Às vezes, a vida nos reserva momentos de grande pesar. Momentos que nos trazem à memória quem fomos, que nos levam a fazer perguntas a respeito de quem seremos algum dia, momentos que nos fazem questionar se o que temos feito de nosso presente está de acordo com a perfeita vontade do Pai para nós.

Em um simples momento de insegurança somos levados da vitória ao fracasso, pensamentos viajam em questionamentos sobre onde nossas escolhas nos levarão. Nosso interior vai a lugares onde nunca estivemos, assim como lugares que deixaram marcas em nós, e nos perguntamos: “Será que estou na direção certa? Será que terei, novamente, que aprender com meu erro, ou conseguirei acertar, levando em conta tudo o que a dor me ensinou?”.

A reação diante dessa luta interior é duvidar de cada promessa feita pelo Pai. No momento em que NÓS temos que escolher, parecemos ser deixados, soltos no ar por aquele que está nos ensinando a voar. Sem saber o que fazer, nossa alma grita, chora e pergunta: “Pai, onde está você? O Senhor que prometeu JAMAIS me abandonar! Ajuda-me, Senhor!”. Nossa pequena fé e nosso foco sobre os ventos e nas nuvens negras – mesmo antes de a tempestade começar! – nos fazem perder a certeza do cuidado de Deus.

Nesses momentos, quando não conseguimos ver a presença provedora e protetora do Pai, só nos resta crer! Nos resta trazer a memória o que pode nos dar esperança (Lamentações 3.21), resta-nos lembrar de tantos outros momentos em que o Senhor esteve conosco, não nos desamparando, mas dando-nos forças para não esmorecer, para não fracassar. Resta-nos saber que o Pai virá ao nosso socorro, resgatando-nos das alturas e nos levará sobre Suas asas, elevando-nos a um lugar de proteção, longe de tudo o que nos amedronta. Esse é o Pai a quem eu amo! O Pai que prometeu estar comigo todos os dias. Se não o vejo, resta crer e terei Sua presença que afasta todo mal, toda insegurança, TODO MEDO.

Que essa presença esteja contigo!

“Não temas, ó terra; regozija-te e alegra-te, porque o Senhor tem feito grandes coisas” (Joel 2:21)

No amor do Cordeiro,

Douglas.