Arquivos para posts com tag: Testemunho

blog

“A oração dos justos pode muito em seus efeitos” (Tiago 5: 16)

O inimigo veio com opressão e retalhações sobre mim esta tarde! Do início da tarde, até alguns minutos atrás eu estava passando muito mal! Muitas dores!

Quando fui dormir, tive sonhos em que tentavam fazer mal a mim, estava perdido, muitos demônios em figura humana me cercando por todos os lados e a dor só aumentava!

Quando acordei, glorifiquei a Deus por ter passado! Pedi a cura da dor e me recusei a tomar remédios. A dor mais forte passou, mas ainda restava uma dor nos olhos. Sentia que ainda era espiritual! Pedi a uma amiga intercessora (Suzana) pra orar e ela profetizou sobre mim – através do chat do facebook!

Enquanto ela profetizava, minha mãe colocou as mãos sobre a minha cabeça e orou. Quando falamos “Amém!”, senti como se algo frio descesse da cabeça para meu pescoço e saindo. A dor foi embora INSTANTANEAMENTE!

A oração dos justos pode muito em seus efeitos! E eu glorifico a Deus por me cercar de pessoas que se chamam pelo nome d’Ele!

Como a Suzana falou: “Toda e qualquer retalhação sobre o meu corpo esta repreendido em nome de Jesus! Toda dor,
toda preocupação estou lançando no fundo do inferno! Voltará para lá!”

EU RECEBO toda Palavra de benção e REJEITO o que não vem de Deus para mim!

Deus seja louvado!

Douglas =)

Anúncios

Há alguns dias, o Fantástico exibiu uma entrevista com a Xuxa no quadro “O que vi da vida”, onde ela conta fatos de sua história da ótica dela mesma, revelando alegrias, paixões, sentimentos de inferioridade e também fatos que marcaram sua história positiva e negativamente. Eu não havia assistido à entrevista, mas vi inúmeros comentários de pessoas que diziam que tudo não passava de um “Xou”, inclusive por um filme que ela gravou no início de sua carreira, onde tinha relações com um menino de 12 anos.

Hoje, entrei em um pequeno debate com uma pessoa que nem conheço, pela Internet, por causa desta foto:

As pessoas usaram o “passado artístico” dela como uma forma de acusá-la, mas eu realmente acredito em algo chamado ARREPENDIMENTO VERDADEIRO, e isso faz a gente se abrir e receber a cura! Foi o que aconteceu comigo no tempo que passei no CTMDT, é o que está acontecendo com ela.

Mas qual é a necessidade de contar diante de Televisão? Ela não poderia ter falado somente para Deus? Assim já estaria bom!

Penso que, nem se ela fosse uma anônima, cujas ações não interferissem na sociedade, deveria conversar com Deus somente.. mas, deveria compartilhar suas dores com pessoas de confiança na intenção de ser ajudada, e de expor essa situação tão presente na sociedade.

O fato é que quando começamos a receber cura nas feridas da alma, o que mais queremos é CONTAR, indicar o caminho para que outros também sejam curados!

No caso da Xuxa, além de ser uma pessoa pública com influência sobre toda uma geração, ela está usando o meio no qual sempre esteve – a Televisão – em um quadro cujo propósito é que o artista abra os bastidores de sua vida para contar detalhes e mostrar sua humanidade. Vê-la compartilhando isso na TV, para mim, soa como um pastor chegando diante da Igreja numa ministração e contando seu passado, demonstrando ser um alvo da cura e transformação de Deus. Um forte exemplo é a Helena (Tannure) quando contava em suas aulas no CTM, e em inúmeras mensagens sobre o abuso que sofria na infância. Ela usa o meio onde ela “tem voz” para ajudar outras pessoas através de sua história.

Acredito que se isso denuncia uma situação de injustiça contra inocentes, se produz resultado positivo para que aqueles que não têm quem lute por eles, passem a receber apoio e consigam contar a outros sobre o abuso que sofrem, acaba sendo algo válido. Pois as pessoas começam a pensar diferente: “Se a Xuxa contou que sofreu abuso sexual, eu também posso contar!” É isso que as pessoas vão pensar à partir do depoimento dela!

O que ela fez no passado, não diz repeito a mim julgar. Sinceramente, eu acredito em ARREPENDIMENTO e vejo, não só nesse depoimento, mas em outras ocasiões, isso estampado na face dela. Quero aproveitar e encorajar você que já foi ou tem sido vítima de abuso sexual a abrir-se a pessoas de confiança e compartilhar suas feridas. Repito: Pessoas de confiança! Assim você será cada vez mais restaurado em sua alma, personalidade e relacionamentos. Só Deus é quem pode restaurar por completo. Apoie-se principalmente n’Ele, pois Ele é a fonte de toda cura!

Se você ainda tem dúvida, ore! Assim estará fazendo o melhor para você e para todos!

“Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”.
– Tiago 5:16 –

Em Jesus,

Douglas =)

Estou chegando agora de uma reunião de oração dos jovens da minha Igreja local, e só tenho uma coisa a dizer: “Não há melhor lugar para estar do que na presença de Deus, junto com outras pessoas que o amam!”.

Desde meu último post, passei por um processo doloroso em minha vida pessoal. Prefiro não contar aqui o que aconteceu por envolver outras pessoas, mas isso mexeu tanto com meu emocional, que passei mal durante toda a quinta-feira! Uma amiga que me viu, disse que soube, na hora, que meu problema era emocional e estava se refletindo na minha saúde.

Foi nesse contexto de guerra espiritual extrema que fiquei diante de uma escolha: perdoar ou me vingar?

Quem me conhece sabe que não sou alguém vingativo. Posso dizer que sou uma pessoa muito pacífica e que paga para não entrar em uma briga. Mas, apesar de não querer vingança, minha reação imediata foi de querer cortar relações com quem me feriu, levar o caso a alguém que fizesse justiça por mim. Não queria estar ao lado de pessoas a quem não poderia falar o que penso, por ter a sensação de insegurança na presença delas.

Foi aí que contei para meus pais, minha irmã mais velha (Mary) e meu cunhado (David) o que aconteceu comigo. Eles me deram seu apoio e começaram a me lembrar de coisas que Deus já havia proferido a meu respeito e que eu mesmo havia esquecido. Minha irmã foi completamente cheia do Espírito Santo e começou a falar coisas que encheram meu coração de vida e trouxeram, quase instantaneamente, minha saúde de volta.

Entre tudo o que ela falou, lembro de algo que foi o marco para os passos que dei dali em diante. Ela disse que eu não estou aqui para os sãos, mas para esses que precisam de mudança, é para aqueles que eu considero indignos da minha amizade que eu estou aqui, demonstrando amor e perdão, apesar de considerar que eles não mereçam, e conhecendo suas imperfeições escolher amá-los como meus irmãos. Ela me instruiu a escolher perdoar.

Na hora foi tão difícil pensar em perdoar alguém que havia me ferido o coração, voltar a conviver com alguém em quem eu não sabia se poderia confiar. Mas quando procurei uma música para ouvir no meu PC, vi o Vídeo da canção “O Perdão” (da Pra. Ludmila com a Ana Nóbrega –  que já foi tema de um Post aqui do Blog) e percebi que me bastava escolher perdoar, e Deus faria o resto.

Foi isso o que Deus fez! Quando pensei em não falar mais com quem me feriu, entrei em contato com a pessoa, como faria antigamente. Quando vi a pessoa na rua, falei como falaria antigamente. O que ela fez não me importa. Importa agora é que cada ato de perdão soa para Deus como som de adoração pura e sincera, sobe com um cheiro suave de alguém que toma parte da Cruz de Cristo e mata seu desejo de vingança, rendendo-se a vontade do Pai.

Só o Senhor é quem pode fazer isso. Eu não sou melhor do que você que está lendo este Post. Não sou mais amado por Deus, nem mais santo do que você. O que quero dizer com isso é que se eu consegui, você também consegue! “Se você tem algo pra terminar, vai! Seja você no canal do perdão e vai! Com humildade se alcança a aliança de amor”.

Foi o perdão de Jesus por mim que me fez uma nova criatura. Se ele me perdoou, eu também posso perdoar. Estou curado, pois a raiz da amargura foi arrancada do meu coração. Escolha perdoar e deixe Deus te surpreender com aquilo que só Ele pode fazer.

Que Deus nos abençoe a cada dia!

Coberto pela Graça,
Douglas =)

Imagem

Hoje, enquanto trabalhava, coloquei vídeos de Pregação para ministrarem ao meu coração durante o dia. Após o período de trabalho, era como se minha fome pela presença de Deus estivesse maior do que no início! Meu apetite por mais de Deus, de Sua palavra aumentaram conforme eu me alimentava de mais d’Ele. Lembro-me agora de que, antes de sair para o trabalho, hoje de manhã, me assentei em minha cama e orei, pedindo ao Senhor que me desse mais fome e mais sede da Palavra d’Ele. Como aquela canção: “O Pão eu já tenho… preciso de fome!”, “A Água eu já tenho, preciso de sede!”. Tenho certeza de que foi a resposta de Deus ao clamor do meu coração.

Uma dessas mensagens que assisti, foi do XI Congresso de Louvor e Adoração Diante do Trono, onde a Helena conta sobre sua própria história e testemunho de restauração enquanto fala sobre a realidade de um vaso nas mãos do Oleiro! Já assisti a essa mesma mensagem dezenas de vezes! Tinha o áudio dela no meu iPod, ia e vinha do trabalho ouvindo e sendo ministrado de diferentes formas, em diferentes áreas da minha vida pessoal e ministerial, todos os dias. E, mesmo assim, Deus falou comigo mais uma vez.

O que vejo nesta mensagem é a verdade exposta do que todos somos: Vasos feitos de barro, à disposição do cuidado e da vontade do Grande Oleiro! Ele nos ama e está disposto a moldar e reparar cada rachadura que temos por nós mesmos, e aquelas que a vida nos causou! Agradeço a Deus pela vida da Helena e peço a Ele que a abençoe nessa caminhada ministerial e continue inspirando sua vida para falar e transformar corações.

Esteja disposto a ser moldado! Vale a pena mesmo!

Douglas =)